21.3.06

Incubadoras de Santos e Embu das Artes aceitam inscrições para novos projetos

A arte em reciclar - canudos de papel

Falaí manos, liga nóis dando um pião nas incubadores dos governos municipais, pra adianto de correrias em projetos de tecnologia ou empreendimentos solidários, sustentáveis, cooperativas, pá e tal. Vai vendo esquema em Embu das Artes:
Jornal O Estado de São Paulo: Incubadora abre vaga em Embu das Artes
Terça-feira, 21 março de 2006

A Incubadora de Cooperativas de Embu das Artes abrirá vagas para novos projetos. As novas unidades irão se incorporar às outras duas cooperativas e três associações. O grupo em formação que participará da fase de pré-Incubação precisa ser do município de Embu. Já para a fase de incubação, o grupo precisa ser da região sudoeste da Grande São Paulo. As vagas foram abertas depois da saída de cinco cooperativas, todas graduadas.

Liga nóis, notícia de setembro de 2005 no site da Prefeitura de Embu das Artes, só dando linha na pipa:
Prefeitura de Embu das Artes: Arte em papel jornal
Núcleo de artesãs que integra a Incubadora de Cooperativas criada pela Prefeitura de Embu completa um ano e mostra disposição para crescer.

(...) O Núcleo de Artesanato em Jornal da Incubadora de Cooperativas de Embu, ou simplesmente Uniart, iniciou suas atividades em 7 de setembro de 2004. Ao completar um ano, a Uniart pretende ampliar sua produção e reunir mais participantes.
Para isso devem ser formados quatro núcleos de cinco pessoas, totalizando 20 cooperados.
(...)
Iniciativa pioneira no Brasil, a Incubadora de Cooperativas de Embu das Artes reúne atualmente oito entidades, além da Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis. São elas: Cooperativa Agropecuária de Embu e Região, Cooperativa de Alimentos, Cooperativa de Trabalho de Confecção e Costura, Cooperativa de Reciclagem de Matéria-prima, Cooperativa de Arte em Jornal (em processo de formalização), Cooperativa de Trabalho da Construção Civil, Cooperativa de Trabalho dos Condutores de Escolares e Cooperativa de Serviços de Atendimento de Estacionamento. De acordo com Roberta Maria dos Santos, coordenadora do projeto, a Incubadora reúne atualmente cerca de 500 cooperados, beneficiando mais de 2 mil pessoas. Cada trabalhador recebe a partir de um salário mínimo por mês.
O próximo passo da Incubadora de Cooperativas é a criação da Casa do Artesão. A loja que deve ser inaugurada nos próximos meses será um espaço permanente para divulgar e comercializar os mais diversos produtos. (...)

Olha a conversa da www.incubadora-santos.com.br:
Incubadora de Santos abre "chamada de projeots" para novos incubados e pré-incubados
A Incubadora de Empresas de Santos – espaço criado para abrigar empresas oferecendo estrutura estimuladora, ágil e favorável à transferência de resultados de pesquisa para atividades produtivas – receberá de 06 a 31 de março inscrições de projetos para seleção 2006. O edital, com a Chamada de Projetos e Processo de Seleção para Incubação e Pré-Incubação já está disponível no site da instituição, www.incubadora-santos.com.br, onde os interessados poderão acessar e preencher a ficha de inscrição.

“Estamos buscando estudantes, cientistas, pesquisadores, empreendedores e empresários que desejem desenvolver novos projetos, tecnologias, produtos e serviços inovadores. A Incubadora de Empresas de Santos está mais madura, teve quatro empresas graduadas em 2005, com cases de sucesso, e previsão de formar outras seis em 2006. Queremos ampliar estes resultados, as possibilidades de crescimento de negócios na região e inserir novos projetos no mercado”, afirma o coordenador-executivo da entidade, Santiago Gonzalez Carballo.

Empreendedores que já tem um produto ou uma tecnologia e buscam entrar no mercado, mas necessitam de apoio, enquadram-se perfeitamente no processo de “incubação”. A Incubadora de Santos dará todo suporte e apoio na abertura de seus novos negócios, proporcionando condições suficientes para o início imediato do empreendimento, como infra-estrutura compartilhada, network, informações e orientações em gestão empresarial. Os incubados dispõem de um período de dois até três anos para usufruir do espaço físico e serviços da Incubadora, localizada no Centro Histórico de Santos, até alçarem sua independência. Atualmente a Incubadora conta com 12 empresas incubadas. (...)

Tem o dom?
Sem miséria!


-> Arquivo: 13.1.2006 : The Business Experiment
-> Arquivo: 22.6.2005 : Telecentros auto sustentados e planos de negócios copyleft
-> Arquivo: 14.1.2005 : Incubadoras copyleft - Rede Solidária e Catalisa.org.br
-> Taba : Cachimbando
-> Compartilhando Banners : Livro - A Economia Solidária no Brasil. A autogestão como resposta ao desemprego. e Artesanato Brasileiro
-> Coletando : Livraria Cultura: Livros Cooperativa, a empresa do século XXI e The fortune at the bottom of the pyramid
-> Coletando : Mercado Livre : Contabilidade e Embu

2 comentários:

Jônatas Gardin disse...

Tupi. Eu não acredito muito neste esquema de incubadora não.

Por todas as pesquisas que eu já fiz sobre esses projetos, todos os empreendedores são praticamente "castrados" em suas liberdades. Os caras fornecem infra-estrutura física e financeira e uma série de contatos que deixa os empreendedores achando que tudo é fácil. Aí vira um bando de empresas "bundonas" (me perdoa a palavra mas é isso mesmo).

É muito difícil montar uma empresa do zero, sem a ajuda de incubadoras. Mas acho que as perspectivas de sucesso são maiores.

Tupi disse...

Falai' Jônatas, então, se pam incubadora tá valendo pra esquema q depende muito de tecnologia experimental, estilo laboratório, um produto/serviço q bacana acredita q tem potencial mas precisa de um tempo pensando em cima, testando, inventando, daquele jeito. Liga q milidias assisti na TV (ou li, nem lembro) uma tiazinha incubada q tinha um projeto de um armário q passa a roupa com vapor. Vixi, muito teste antes de comecar a fabricar o bagulho. Nesse esquema, incubadora ja' é um adianto. Se virar, virou.
Cooperativas e correrias sociais, tb vira, na geral a molecada não tem capital pra começar a fita e espaço, telefone, acesso internet e treinamento, se pam tb é adianto.

Liga q começar na firma na direta, maluco tem q representar, ligeiro tem q levantar um arrecado pra pagar continha, aluguel, telefone, arroz com feijão, demorou.
Mas q se tiver o dom, empreendedor fica mais esperto a milhão.
Valeu!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...